Páginas

sábado, 19 de abril de 2014

LÍDER DA GREVE DA PM NA BAHIA CHEGA A BRASÍLIA E VAI PARA PRESÍDIO

LÍDER DA GREVE DA PM NA BAHIA CHEGA A BRASÍLIA E VAI PARA PRESÍDIO

O vereador Marco Prisco (PSDB), apontado como o líder da greve da Polícia Militar na Bahia e que foi preso na tarde desta sexta-feira (18) em um resort em Costa de Sauípe, no Litoral Norte do estado, já chegou a Brasilia e foi encaminhado para o Presídio Federal de Brasília (Complexo da Papuda).
O transporte do vereador foi feito pela Polícia Federal, que efetuou a prisão de Marco Prisco mais cedo nesta sexta-feira. A PF informou, em nota, que a prisão ocorreu em Costa do Sauípe, com apoio da Polícia Rodoviária Federal e da Aeronáutica.
A prisão preventiva foi determinada pela Justiça Federal na terça-feira (15), informou o MPF, que fez o pedido nesta segunda.
Segundo a decisão da 17ª Vara Federal, a prisão é baseada nos artigos 311 a 313 do Código de Processo Penal, visando a “garantia da ordem pública”, e deverá ser cumprida por 90 dias “em estabelecimento de segurança máxima”.
O MPF afirma que ele somente pode recorrer ao Supremo Tribunal Federal. O pedido faz parte de uma ação penal contra sete acusados por diversos crimes na greve de 2012, que foram denunciados no ano passado.
Prisco é vereador e diretor-geral da Associação de Policiais e Bombeiros e de seus Familiares no Estado da Bahia (Aspra).
A greve da Polícia Militar da Bahia teve início na terça-feira e foi encerrada na tarde de quinta-feira (17). Segundo a Secretaria de Segurança, foram registrados 59 homicídios em Salvador e região metropolitana durante a paralisação, 156 carros roubados e seis furtados.
Após assembleia realizada entre líderes do movimento e PMs em Salvador, Prisco afirmou que a categoria conseguiu um aumento de 25% no soldo (remuneração específica dos policiais) para o administrativo da PM; de 45% para o operacional e de 60% para motoristas. Também foi aprovada a extinção do Código de Ética, nova discussão sobre o plano de carreira e fim do curso de cabo.
“Os benefícios conseguidos hoje são para ativos e inativos”, afirmou o líder da PM. “Estamos indo para a governadoria para a entrega do documento, pois, primeiro, precisávamos conversar com a categoria para votação e depois levar o documento assinado para o governo”, afirmou.
Em nota, a Secretaria da Segurança Pública (SSP) informou que “não participou da operação de cumprimento do mandado de prisão do vereador de Salvador” e que “assegura o cumprimento de todos os itens do acordo firmado com as associações representativas da Polícia Militar”.
Para Fábio Brito, vice-presidente da Aspra, a “prisão é arbitrária”. “Ele é vereador eleito, tinha que ser domiciliar ou na Câmara de Vereadores, e não em presídio de segurança máxima. É o que garante a Constituição. É um absurdo”, afirmou ao G1.
A greve foi considerada ilegal pela Justiça da Bahia, que estipulou multa diária de R$ 50 mil. O governo afirmou que as reivindicações das associações de policiais grevistas “ultrapassavam o limite orçamentário do Estado”.
Na quinta, a Justiça Federal determinou a suspensão imediata da paralisação, estipulou multa em R$ 1,4 milhão e bloqueou bens das associações grevistas.
Tropas do Exército reforçaram a segurança nas ruas de Salvador. Durante a madrugada de terça (15), houve uma série de saques e arrombamentos pela cidade.

Cabo Jeoas, Sargento Monteiro e Soldado Prisco, foto na luta pelo Subsidio da PM do RN em 2012.
G1/BA
Prisco é um grande Guerreiro, e é crucificado pelos governantes por lutar pelos direitos da Policia Militar de todo o Brasil... Triste é ver a Justiça Brasileira se ajoelhar perante esses Governos ditadores implantado hoje em todo o Brasil. 
Nota de Repudio de SGT Monteiro.



Após prisão de Prisco, Capitão Tadeu conclama nova paralisação da PM na Bahia

Por Bahia Notícias
Moção de Repúdio emitida pelo Capitão Tadeu
Moção de Repúdio emitida pelo Capitão Tadeu
O deputado estadual Capitão Tadeu (PSB) emitiu em suas redes sociais uma moção de repúdio a prisão do vereador de Salvador Marco Prisco (PSDB), líder da greve da PM na Bahia, e conclamou a tropa para que “suspenda as atividades imediatamente até que o governo providencie a soltura de Prisco”. A assessoria de Tadeu confirmou a veracidade da nota publicada no Facebook e disse que o deputado estava em Jacobina quando soube da prisão, mas já está em deslocamento para Salvador, onde pretende assumir o comando da greve. O Bahia Notícias entrou em contato com a assessoria da Secretaria de Segurança Pública, que informou que, por enquanto, não vai tomar nenhuma posição sobre o caso.
Veja a íntegra do moção de repúdio do deputado Capitão Tadeu, expedido pelo gabinete na AL-BA :
“Mesmo após Marco Prisco, vereador de Salvador, ter assinado um acordo aceitando o final da greve, contrariando inclusive parte da tropa, o governo mais uma vez trai a boa vontade dos policiais e bombeiros militares e manda prender Prisco. A prisão ocorre na data que os cristãos comemoram a Sexta-Feira Santa, um dia após o acordo que pôs fim à greve, caracterizando um ato de traição do governo para com os policiais militares. Dessa forma, neste momento, por exigência dos policiais e bombeiros militares, saio da condição de moderador do movimento reivindicatório e assumo a liderança do mesmo. Assim sendo, conclamo toda a tropa para suspender as atividades IMEDIATAMENTE até que o governo providencie a soltura de Prisco.”

sexta-feira, 18 de abril de 2014

Oficiais decidem sobre posicionamento frente ao movimento dos Praças do RN na próxima segunda (21)

Por Glaucia Paiva

Após o anúncio da paralisação na próxima terça-feira (22) por parte dos Praças da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar, a Associação dos Oficiais Militares Estaduais do RN convocou uma assembleia extraordinária para a próxima segunda-feira (21).
De acordo com o edital de convocação, a ordem do dia consiste no “posicionamento dos oficiais militares estaduais do RN frente ao movimento anunciado pelas associações das praças do RN.
Alguns oficiais já demonstram apoio ao pleito das praças da Polícia e do Corpo de Bombeiros Militar, como no caso do Tenente PM Silva Neto, que sempre está presente nas movimentações dos policiais e bombeiros. Em seu perfil no facebook o Oficial demonstra frequentemente o apoio à aprovação da Lei de Promoção de Praças.
Em conversa com o blog, um Oficial Superior relatou o apoio à aprovação da Lei de Promoção de Praças: “Como posso exigir algo, se meus comandados estão insatisfeitos. A luta deve ser de todos”, declarou o Oficial.
A assembleia extraordinária da ASSOFME acontece na próxima segunda-feira (21), às 19 horas, na sede do Clube dos Oficiais da PMRN.

PMs e Bombeiros decidem por paralisação a partir da terça-feira

Notícias da ACSPM

Acs PM RN Os policiais militares e bombeiros do Rio Grande do Norte decidiram endurecer o movimento e vão iniciar uma paralisação já na próxima terça-feira, dia 22 de abril. As categorias estão acampadas em frente à Governadoria há mais de uma semana e, agora, só vão sair de lá depois que o projeto de Lei de Promoção de Praças for enviado à Assembleia Legislativa e sancionado.
Cansados de esperar pelo Governo do RN, que não apresenta uma resposta concreta sobre o envio da Lei de Promoção para a Assembleia, os militares realizaram uma assembleia no próprio acampamento, nesta quarta-feira (16), e deliberaram pelo início de uma paralisação, logo após o feriadão.
Além disso, eles votaram pela permanência do acampamento e deliberaram que vão se manter na frente da Governadoria até que o projeto seja sancionado. O presidente da Associação dos Cabos e Soldados da PM-RN, soldado Roberto Campos, informou que os militares já receberam apoios do Conselho Estadual de Direitos Humanos e da Ordem dos Advogados do Brasil no RN para continuarem na luta.
 
Apesar de terem como foco principal a Lei de Promoção de Praças, os policiais e bombeiros militares decidiram criar uma pauta de reivindicações com outros pontos urgentes para as categorias. Entre eles estão: pagamento dos níveis do subsídio e das férias; implantação de um auxílio alimentação; fornecimentos de material de trabalho adequados; reajuste de 15% no subsídio; e convocação dos 824 candidatos aprovados na segunda fase do último concurso realizado pela PM.
 
“Nós já tentamos de todas as formas estabelecer um diálogo e fazer com que o Governo enviasse nosso projeto para a Assembleia Legislativa, mas estamos recebendo o silêncio como resposta. Então, não podemos mais admitir essa falta de respeito com os policiais militares e bombeiros do Rio Grande do Norte. Para isso, contamos com apoio da população que cada dia mais clama por segurança. Esperamos que o Governo se sensibilize e nos dê uma resposta positiva, no entanto, a paralisação está marcada”, completa Roberto Campos.
 

Policia do Trânsito e RP de Pau dos Ferros realizam testes de Alcoolemia, e cidadãos são autuados em flagrante



Foi realizado em um cidadão da cidade de Pilões o senhor Joseé Deison de Souza,  resultado de analise 1.42mg/L, na cidade de Jose da Penha o senhor Francisco Silveranio de Oliveira com resultado de analise 0.75mg/L, e na cidade de Pau dos Ferros o senhor Agostinho Fernandes de Queiroz Neto com analise de 0.70mg/L, os mesmos foram entregues a 4ºDPRC para medidas cabíveis.

Semana Santa começa agitada em Pau dos Ferros/RN: Cidadão Pauferrense é preso por portar arma de fogo e arma branca


O senhor Agostinho Fernandes foi preso nas primeiras horas do dia de hoje pela RP comandada pelo Cb Rezende, o cidadão portava uma pistola calibre 3.80m municiada e uma faca peixeira, o mesmo também foi autuado por dirigir alcoolizado, Foi acionado a DRE do 4º Distrito de Policia Rodoviária Estadual comandada pelo Cb Genildo e seus Patrulheiros Sd Neuzemar e Redson para realizar o teste de alcoolemia, onde foi constatado resultado de 0.70mg/L.
Agostinho foi entregue a 4ºDRPC para os procedimentos legais.